quarta-feira, 11 de Julho de 2012

Travões

Nas primeiras travagens com a Bonnie achei logo que tinha deixado ficar os travões (da frente) noutra mota qualquer… aquilo eram abrandadores :). Decidi nesse momento que tinha de fazer alguma coisa em relação à travagem, no entanto, houve outras alterações que se foram metendo no caminho, até porque um conjunto de pinça e bomba de travão de uma Bonnie mais recente eram caríssimos e o mesmo acontecia com alguns kits aftermarket (tipo Beringer ou Brembo). A solução apareceu ao consultar o fórum TriumphRat, na forma de umas pinças Nissin de três pistões, em vez dos dois da Triumph, que equipam algumas Honda (ex: CBF 1000 de ’07, CB1000R de ‘10, CBF600 de ’08, CB600F Hornet de ’07, TransAlp de ‘07 e DN-01). Atenção que tem de ser a do lado esquerdo – pinça mais suporte. Assim que descobri uma em 2ª mão, toca de a comprar, mais umas pastilhas EBC (FA388HH) e uma bomba de travão de uma Bonnie de 2008. A travagem passou de esponjosa e ineficaz, para bastante mais sensível, com bom tato e aumentou muito o poder de travagem… não é uma superbike, mas não envergonha. A substituição da pinça é muito simples, dois parafusos e trocar o tubo de travão, sangrar o sistema e já está. No caso das T100, a chatice é que o guarda-lamas tem de saír ou sofrer alguma alteração, porque os suportes do guarda-lamas encalham na pinça. Ficou assim
Desculpem, mas a foto foi tirada de noite, com telemóvel.

Capacetes

Ando a precisar de um capacete integral...